Rádio Liberdade FM Ubajara
Ouvir

Menino que sofreu traumatismo craniano volta à vida após oração da mãe

Menino que sofreu traumatismo craniano volta à vida após oração da mãe

Miguel, de 5 anos, escorregou enquanto brincava com um primo, no aniversário da avó, em Manaus. Com a queda, ele ficou em estado grave, mas através de orações sobreviveu.

Em julho de 2023, Priscila [mãe], Wagner [pai], Mariana [irmã] e Miguel Santos estavam reunidos com outros familiares para a comemoração de aniversário de Anízia, mãe de Wagner. 

Enquanto a família celebrava, Miguel escorregou no piso molhado e bateu com a cabeça no chão. 

Segundo o Notícias Adventistas, o menino precisou ser socorrido, depois de chorar e vomitar muito. 

Miguel ficou com um hematoma na cabeça, e ao chegar no hospital, os pais foram informados de que ele havia sofrido um traumatismo craniano, edema cerebral e uma grave hemorragia interna.

Devido a falta de equipamentos especializados, Miguel foi transferido para o Hospital Infantil Joãozinho, referência em trauma infantil. 

Lá, ele começou a apresentar sinais de morte encefálica. Então, a equipe médica precisou ser rápida.

Duas neurologistas de plantão o avaliaram, uma delas afirmou que a cirurgia não iria mais resolver o quadro do menino, pois ele já estava morto. No entanto, a outra médica insistiu em realizar o procedimento cirúrgico.

“Uma das médicas que fez a cirurgia sentou do meu lado e falou que o caso dele era muito grave e só um milagre poderia salvá-lo”, contou o pai.

“Eu me ajoelhei na porta do centro cirúrgico e eu falei para Deus: ‘Senhor, eu só vou levantar quando o Senhor levantar o meu filho”, disse a mãe. 


Miguel e família. (Foto: Reprodução/Notícias Adventistas)

Durante a cirurgia, a família clamou pela vida de Miguel. Cerca de três horas depois, os médicos informaram: “Miguel está vivo”.

As 72 horas depois da cirurgia eram decisivas. Naquele momento, Miguel era o paciente mais grave do hospital.

Corrente de oração

Amigos e familiares fizeram uma corrente de oração pela vida de Miguel clamando a Deus por um milagre.

Pessoas de perto e de longe se uniram em oração e apoiaram os pais durante esse momento difícil. 

“Tomamos a iniciativa de compartilhar em todos os cultos a informação do caso e a intercessão em prol do Miguel”, explicou Daniel Castro, pastor da igreja da família. 

No dia 28 de julho, os pastores Tiago Ferreira e Maria Luiza organizaram um círculo de oração em frente ao Hospital Joãozinho, para interceder pela vida do menino e de todas as crianças que estavam internadas. 

Danielle Albuquerque, irmã de Priscila, contou que ela tinha fé de que Deus responderia às orações.

“Eu disse a ela que nós teríamos uma boa notícia sobre o Miguelzinho”, declarou ela.

Eles jejuaram e oraram pela vida do Miguel e, por volta de 19h de sábado, ele não estava mais entubado e seguia sem febre. 

A recuperação da criança surpreendeu os médicos. Então, alguns dias depois, Miguel foi transferido para o Hospital Adventista de Manaus (HAM).

‘Jeová Jireh’

A equipe do HAM contava com neurologista, pediatra, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, equipe do laboratório e capelania que lutaram pela recuperação do menino.

Miguel passou pela segunda cirurgia neurológica para reparar os danos do acidente e mais uma vez, teve sucesso.


Miguel com a equipe médica. (Foto: Reprodução/Notícias Adventistas)

Após 38 dias internado, Miguel Castro Santos teve alta. Quando saiu do hospital ele estava andando, falando, brincando e até conseguia correr.

Agora, a família compartilha o milagre de Deus em sua vida: “Ele nos devolveu o Miguel e fortaleceu ainda mais nossa fé, pois estamos certos de que o Senhor ouve nossas orações, mesmo sendo tão indignos de seu amor. Ele é nosso Jeová Jireh. Aquele que provê, hoje e sempre”, concluiu Danielle.

 

NOTÍCIAS MAIS LIDAS